sábado, fevereiro 5

Hmm, seriously?

Com esta idade, com esta experiência, ainda fazes ataques de ciúmes?
Mas tu ainda achas que tens qualquer tipo de direito de mandar bitoques?
Que basta um"gosto" na p*rra de uma rede social para que a dita amizade se mantenha? Que basta um "oláá, tenho saudades tuas, temos de combinar qualquer coisa" - que nunca passa da fase do combinamento - para que esteja tudo cinco estrelas?
Adoro o facto de continuares a acreditar em tudo isso, adoro mesmo. Não sei se lhe chame inocência fingida, puro sarcasmo para depois gozar ou simples ignorância.
Quem me dera viver nesse teu mundo de fadas e princesas e castelos e cor-de-rosa no céu, onde as amizades continuam iguaizinhas, sem precisarem de contributos quer de uma parte, quer da outra.

De qualquer das formas, fica-te no teu mundo que eu cá fico no meu. Parece-me muito bem se assim acontecer. ADORAVA que isto acontecesse, pode ser? Obrigada

*Bea

2 comentários:

  1. Nao sei se estas a falar de algum rapaz ou alguma amiga, pois e diferente.a mim tambem me aconteceu isso e sabes que mais acabei por descobrir que era a forma que tinham de dizer preciso de ti, tenho saudades mas tenho medo de te perder,a vida nao esta facil, estou ocupado e nao te quero preocupar, mas quero que saibas que estou aqui...bem nao sei se estas numa situaçao parecida mas isto foi com amigas, no caso de rapazes e um pouco mais dificil, no caso de amigas nao vejas so o teu lado se nao vais acabar por destruir algo com alguem que gostas porque se seja ele ou ela nao gostassem de ti nem se davam ao trabalho de te mandar o gosto ou te dizer que tem saudades, simplesmente borrifavam-se para ti, o que tambem ja me aconteceu, e agora deixo-te uma pergutna e tu, fiseste algo para mudar a situaçao, falaste com essa pessoa, diseste o que sentias ou agiste como gostavas que tivessem agido contigo?
    bem eu nao tenho nada a ver com isso, mas achei que podias gostar de um comentario de alguem que passou por algo parecido pelo menos pensei como tu no inicio mas agora vendo de fora, vejo as coisas doutra forma.

    ResponderEliminar
  2. realmente, sabes o que foi? foi daquelas coisas que uma pessoa esforça-se por mais e mais. quer manter o que tinha antes, vai visitar, faz trinta por uma linha e parece receber absolutamente nada em troca. eu tentei, acredita. e eu propria acreditei durante muito tempo que as coisas mudariam. mas nao mudaram. so uma pessoa a puxar por uma relaçao nao da.
    mas agradeço esse teu ponto de vista e comentario. fizeste-me pensar um bocadinho, fizeste-me questionar se tinha feito o suficiente. mas a verdade é, e isto nao sendo visto por mim enquanto peao neste jogo, mas enquanto espectador, fiz o suficiente. fiz mais que o suficiente, e há quem nao o aprecie :x

    ResponderEliminar