quinta-feira, junho 30

Preciso da vossa sincera opinião

Tendo em conta que a minha média, já com provas de ingresso, paira nos 163,8 (aliás é capaz de ser menos porque aparentemente tem de se fazer contas com 50% para provas de ingresso e eu fiz com 40%) e que a evolução das médias de Engenharia Biológica no IST de primeira fase tem sido 164,0 163,0 e 163,0, será que a minha média basta? Haverá motivos para me preocupar? Será que neste ano voltam a subir tendo em conta os exames do ano passado e deste? AJUDEM-ME!! Preciso de saber se vou à segunda fase de Biologia e Geologia A ou não, e sozinha não estou a chegar a lado nenhum :/

*A extremamente agradecida a quem me ajudar Bea

Hoje


Só existem dois dias na vida em que não podemos fazer nada: ontem e amanhã.
Aproveita então o que te resta, fazendo trinta por uma linha, realizando os teus sonhos.
Se preferires ficar em casa no sofá, a escolha é tua. Mas depois não te venhas queixar.

*Bea

terça-feira, junho 28

Rumo encontrou-se





Para bem de todos os males, está decidido. Não vou a segundas fases de nada. Não preciso de mais média.
Todo o trabalho que fiz finalmente vê-se recompensado! Trabalhei, ardua e incessantemente. Várias foram as vezes que quis baixar os braços, mas eu tinha a sorte de ter uma excelente equipa de motivação atrás de mim: eu mesma e a ambição de um futuro brilhante, e uma família que fez tudo o que estava a seu alcance para me amparar e proporcionar as melhores ferramentas. Só posso agradecer por terem sempre tido confiança em mim e me terem empurrado para caminhos cada vez mais elevados. Fizeram de mim grande parte da pessoa que hoje sou.
Assim sendo, os próximos 5 anos da minha vida serão passados numa destas belezas:

- Engenharia Biológica (IST - 1ª opção);
- Engenharia Biofísica e Biomédica (FCUL - 2ª opção);
- Bioquímica (FCUL - 3ª opção);
- Biologia (FCUL - 4ª opção - just in case, you never know...)

Acho que desta é de vez!

*Eng. Bea :D

Rumo precisa-se

I'm done questioning everything. I'm ready for some answers now.

*Bea

domingo, junho 26

Day Dreaming

Tenho em mim os sonhos mais surreais, incrivelmente incríveis, que ultrapassam sem receios o limiar entre a realidade e a fantasia.


Não me atrevo sequer em partilhá-los com pavor de os perder, de nunca mais os ver. 


Só sei que, embora seja cansativo acordar mais agitada do que quando se foi deitar, é tão compensador sentir tudo o que me assola a mente enquanto "descanso". 



It's good to be me :)


*Bea

um mês O.o


- Livros
- Lápis
- Afia
- Borracha
- Folhas atrás de folhas atrás de folhas
- Calculadora
- Pilhas
- Tansferidor
- Compasso
- Brain
- Blood, Sweat 'n' Tears
- 1 mês

Falta um mês!! Não sei é se a minha sanidade mental tem tanto tempo a seu dispor..
Dizem que no fim tudo valerá a pena.
Espero que assim seja desta vez.

Já o ano passado me andaram a dizer  o mesmo, mas justiça das injustiças, este ano tenho de ser brilhante em Matemática A, voltar à 2ª fase de Biologia e Geologia como externa para melhoria de nota, voltar à PEF de inglês porque não sabem reconhecer o 19 quando ele lhes acena e rezar para que as médias não subam porque eu também quero a minha oportunidade! Ora bolas que eu não ando aqui há três anos working damn hard para nada!

*Bea (a afogada em papéis)

Como é que sentimos falta de alguém que nem sequer conhecemos?
É esquisito, parece fingido, mas é verdade.
É como se até então tivesse estado à tua espera. E agora que chegaste não sei o que fazer. Perdi-lhe o "jeito". Deixei-me ser magoada vezes sem conta. Pareces trust worthy, mas e se estiver, once again, enganada?

All I know is that I wanna live my fairytale next to you. What'ya say?

*Bea

terça-feira, junho 21

sábado, junho 18

A wise panda once said


I guess his right... With a little dedication we can achieve anything.
Yesterday's day proved it to me. We just need to put our mind and body into something, 'cause the reward is waiting for us. But it doesn't come along easy. We need to earn it. And dammit, I earned it! I earned IT!
I EARNED IT!
And it's the best feeling in the whole wide world 

*Bea

terça-feira, junho 14

Por favor!!


Mas que mania!
Isto cada vez mais me irrita...
Mensagens como estas, em redes sociais, em websites conhecidos, onde crianças em desenvolvimento, adolescentes de coração partido e adultos sem grande percepção das coisas passam por lá e lêem. Não só lêem, como acenam com a cabeça e acham muito bem e dizem que é assim mesmo que se sentem.

De uma vez por todas: O MUNDO É DE TODOS NÓS! QUANDO ALGUÉM TE DEIXA, TU TAMBÉM DEIXAS ESSA PESSOA! NÃO VAIS ANDAR ATRÁS DELA, ELA NÃO VAI VOLTAR. SE DEIXOU UMA, DEIXA DUAS, PORQUE HÁ ALGUMA COISA QUE NÃO ESTÁ A BATER CERTO.
O Mundo é teu caramba! Tens um enorme potencial dentro de ti! Pára de deixar que os acontecimentos menos bons te afectem. Olha para cima. Sim, é difícil. Sou a primeira a admiti-lo. Já estive lá em baixo várias vezes. Já estive bem no fundo. Mas sair de lá é possível. É duro, mas exequível.
Se quiseres chora o passado. Chora porque nada do que aconteceu com alguém vai voltar a acontecer. Mas depois de chorar, sorri. Porque mais e melhor há-de vir. Aceita o conselho, é de graça! Não precisas de cair nos mesmos erros que tantos caem, sê original!

Vou repetir e espero que fique bem claro desta vez: És merecedor(a) de tudo! Tudo está ao teu alcance! Se já não és o mundo de alguém, então esse alguém deixará de ser o teu mundo também. Arranja outro mundo. Pára de remoer. Pára de sentir pena de ti mesmo(a)! Pára. Não achas que mereces mais do que pena? Eu cá acho, e eu não sou tu... Vais deixar que alguém de fora te faça sentir melhor do que aquilo que tu consegues fazer a ti próprio(a)? Não, não vais. Porque toda e qualquer reconciliação, encorajamento ou decisão tem de vir de ti antes de aceitares alguma coisa de qualquer outro.

Por favor, deixa de ser tão condescendente contigo e faz com que eu não tenha de voltar de me exaltar no blog, pode ser?
Ajudavas-me a mim e a ti =)

*Bea

Second Chances


Partir nunca é fácil.
Especialmente quando não se conhece nenhuma outra realidade, quando estamos demasiado ligados à que tentamos deixar.
Mas partir é recomeçar. É deixar para trás o que nos assombra, o que nos desilude, o que nos magoa. É reconhecer que somos merecedores de muito mais do que aquilo que nos permitiamos ter.
Ao início custa, nada é instantâneo. Os fantasmas do passado perseguem-nos. Lembram-nos que o passado não desaparece. Nós temos de ser fortes para perceber que não queremos fugir dele, mas sim encontrar novos caminhos, novos desafios, novas caras e experiências. Porque nós merecemos a vida que desejamos! Nós não temos de ficar presos nem ao passado, nem pelo passado. Somos livres de desaparecer e renascer conforme entendermos. Somos jovens, ao menos aproveitemos a nossa inconsequência para o nosso próprio bem.

Leaving is getting a second chance in life. Some may call me a coward, but I tell them: it takes way more guts to leave than to stay and suck it up.

*Bea

sexta-feira, junho 10

Radical?

Será demasiado remover completamente alguém da tua vida?
Alguém que te faz mal; alguém que te suga completamente as energias; alguém que te faz sentir humilhada,  sem valor e miserável?
Acho que não.
Mudar de casa não faz sentido, por isso apaga-se e bloqueia-se nas redes sociais, no telemóvel, na vida.
Sim, para mim esse alguém morreu, e eu libertei-me desse fardo.

O teu desaparecimento vai ser por mim encarado como uma ode à felicidade, à liberdade, ao amor.

*Bea

quinta-feira, junho 9

Vodafone

I need you... NOW!
We have some serious sh*t to talk about. You're gonna erase a couple of numbers so I can restart living, ok?

Mercii

*Bea

terça-feira, junho 7

A Guerra dos Sexos


Discriminadas por termos de, de facto, pensar em que roupa interior usar e combinar peça com peça, ver se assenta bem e é diminuto o suficiente ?

OU

Sortudas por podermos usar coisas fofinhas, com lacinhos, sexys, nem que sejas apenas para nós próprias, sem sermos chamadas de panilas, gayzolas, e por aí em diante ?

Eu cá vou pela segunda.

*Bea

Gosta de ti


Quantas vezes acordamos exaustos, sem vontade de levantar da cama, querer não existir um dia para ter algum descanso?
Pensamos que toda a nossa vida nos esforçámos e esforçámos para conseguir ter aquela pequena folga para relaxar, viver a vida (passo a expressão)..
Se te sentes assim, então não vives.
A vida, o sucesso, atinge-se com boa vontade e prática, perseverança, respeito, coragem, determinação, mas nunca com esforço. O esforço é pesado. O esforço é mau. O esforço obriga. Ninguém deve ser obrigado a viver, sim, viver, porque cada acção que fazes é uma vivência que tens.
A vida deve ser aproveitada ao máximo, seja esse aproveitamento vocacionado para a aprendizagem (estudos), enriquecimento pessoal (convivências), obtenção de fundos (trabalho), brilhares (pesquisar, estudar, analisar, testar, mostrar, suceder). A vida deve ser aproveitada. Só tens esta. Faz o que gostas, ou se não for possível, então trata de gostar do que fazes. Só assim serás verdadeiramente feliz.
Torna cada obrigação tua num desafio. Transforma cada castigo num retiro. Substitui os pensamentos que te trazem abaixo por pensamentos motivadores ("sim, estás cansada, mas já viste até onde chegaste? olha, olha para trás! vês o ponto de partida? pois não, não vês.. vês o horizonte. o que vês é caminho palmilhado! corre lá este bocadinho, anda! corre, a meta está mesmo ali! estou a vê-la! anda, vem! orgulha-te de ti!").

Gosta do que fazes.
Gosta da tua vida.
Gosta de ti.

*Bea

quinta-feira, junho 2

Quem tem pais ...



Quem tem pais, tem tudo. E aqui refiro-me aos progenitores, não à pátria, muito embora os progenitores sejam a nossa primeira pátria (este à parte TEVE de ser feito porque há quem insista ler acentos onde eles simplesmente não existem -.-).
E como eu admiro os meus!

Já tinha ouvido o não, e embora estivesse a remoê-lo, já começava a interiorizá-lo, e eis que me aparecem a oferecerem o sim! Mesmo que o sim lhes possa atrapalhar um bocado a vida.
Eu sei que da filha, não têm muito de que se queixar, mas disto não esperava..

Obrigada Mãe e Pai, não se vão arrepender (muito)
Amo-vos! (especialmente quando me dizem sim ;P)

*Bea