sábado, outubro 6

re-acordar


Pequenos raios de luz interceptam-me o pensamento enquanto a minha mente vagueia pelo vazio.
Sinto que desvaneço, a pouco e pouco, para dentro da rotina. Sinto que já não escrevo, que já não reflicto. Sinto-me saturada só de fazer o que devo e também me sinto saturada por só fazer o que devo. Não tenho uma motivação a longo prazo. Não tenho uma motivação a curto prazo. Tenho o dever.
Anseio por algo novo, mas não sei como saciar este desejo, não sei por onde ir para ver tudo o que conheço despedaçar e conseguir sair intacta.
Quero mais que o carnal e o mundano, quero mais que breves raios de luz, quero mais que menos. Quero mais.
Quero mais de mim, quero mais de ti. Quero que o teu mais puxe por mim e quero que o meu mais te inspire. Não quero ser suficiente, quero transbordar. Quero mais que uma parceria. Quero criar uma simbiose. Quero desenvolvimento, não suporto esta estagnação.
Quero acordar a minha mente, está adormecida há demasiado tempo.

2 comentários: