quinta-feira, setembro 23

Dá que pensar

Hoje cruzei-me com um cão na rua.
Por aqueles lados lá ao pé da escola seria de esperar ver um cão magro, sujo e doente, como os que por lá andam (ou andavam).
Mas não. Este era o cão com o aspecto mais bem-tratado, bem-alimentado e feliz que alguma vez vi.
A ironia? Estava a ser levado na trela por um mendigo.


*Bea

1 comentário:

  1. Durante a nossa existência vamos acumulando pré-conceitos e as vezes acontecem pequenas passagens que realmente nos dá que pensar.
    Obrigado por me pores a pensar por esta simples, mas profunda história. Continua.

    ResponderEliminar