quinta-feira, janeiro 6

Da felicidade inesperada

E quando tudo anda a mil à hora e nós apenas queremos que seja de noite para descansarmos um pouco, acontece algo inesperado. Algo que queremos tanto que nem somos capazes de admitir a nós próprios, com medo da desilusão se não acontecer.
Quando esse algo acontece, todo o mundo abranda por breves instantes e sentes-te leve e poderosa, dona de ti, deles e delas. Dona do teu mundo. Dona do mundo que se diz de todos. Porque por esses breves instantes o teu pedido, o teu querer, o teu sonho que nem te atreves a sonhar, tornou-se realidade. E um sorriso inunda-te a cara, o coração incha de felicidade e dás por ti a flutuar no meio da aula de Inglês.

*Bea

1 comentário:

  1. Devo desde já dizer que eu nao me sinto DONA de nada xD

    Dona não.

    ResponderEliminar