quarta-feira, julho 13

Só se pede dois dedos de testa, nada de mais


Pois, sim, acredito mesmo.
É engraçado como conseguem intercalar imagens destas com fotos de raparigas magríssimas (ao ponto do esquelético) super felizes, raparigas "normais", com as curvas que se imaginam certeiras, sem exageros, tristes a chorar pelos cantos, pessoas a fumar ou ainda a f*der (estas que estão em TODO o sítio; para quê os sites de porno? Basta entrar no facebook) como se fosse a coisa mais natural do mundo, bradar aos sete ventos (e aqui os sete ventos não se referem só aqueles mais chegados, mas sim a toda a gente na blogosfera / redes sociais) as suas proezas sexuais. 
Generalizam a ideia de "que se lixe a sociedade, eu sou a maior e ninguém me diz como tenho de ser, sou como sou e ponto final", mas depois bombardeiam-nos com imagens de como devemos ser:
 - queremos felicidade? toca a perder peso!
 - queremos ter amigos? bebe e fuma!
 - queremos ser "fixes" e aceites? todos acima e fode alguém com bastante frequência e anuncia este teu grandioso feito!

Eu não percebo. E ainda dizem que não sabem bem o porquê de o Mundo ir de mal a pior.
Proclamam a Individualidade, mas querem-nos todos qual farinha do mesmo saco.

*Bea

(ROUBAR É FEIO. NÃO ROUBEM O QUE É MEU POR FAVOR)

2 comentários:

  1. Sou feliz e nao perco peso..
    Tenho amigos, poucos, mas AMIGOS são mesmo poucos e nao fumo nem bebo.. (nem nunca toquei num cigarro)
    Sou fixe apenas pa quem é fixe pa mim, n preciso de nada disso.. :)

    ResponderEliminar
  2. Pena é que nem toda a gente é como tu, falta-lhes ou dedos de testa ou vontade de contrariar o sistema. Seguem aquilo que os outros fazem e esquecem-se de quem verdadeiramente são. Tornam-se infelizes, vazios por dentro, sem saber porquê. Fazes tu muito bem, devia haver mais pessoas assim ;)

    ResponderEliminar